Manhã

from by Benoit Crauste

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    Purchasable with gift card

      $4 USD  or more

     

about

≈ english text below ≈

Chuva Caiu é uma composição musical criada pelo saxofonista francês Benoît Crauste em outubro de 2018, por ocasião de sua participação na residência de arte sonora SOMSOCOSMOS, realizada em uma antiga fazenda de café, envolta por uma Mata Atlântica preservada, na região serrana do Rio de Janeiro.

Utilizando-se de gravações de campo (field recordings) das matas da fazenda, Chuva Caiu é um trabalho de meditação criativa no coração da floresta, que presta reverência ao tempo longo das plantas, aos sons dos bichos e à mútua existência de animais, vegetais e minerais.

A criação de Chuva Caiu encontra-se na encruzilhada dos sons da mata com a composição musical.

Chuva Caiu desenvolve-se ao longo de uma única jornada, dividida em duas faixas de títulos auto-explicativos: Manhã e Noite.

Na Manhã, o som leve de um saxofone soprano encontra as primeiras luzes da madrugada – representadas no canto insistente de um pássaro, em tríade diminuta. A partir desse diálogo, uma brincadeira entre o saxofonista e o pássaro, surgem aos poucos outros elementos sonoros da mata: insetos, outros pássaros, os ruídos distantes das máquinas humanas, vacas mugindo, cães que latem, galos que cantam. O som então se encontra com as águas, em um passeio de saxofones por um riacho que dá numa pequena cachoeira, ruído de fundo natural que se junta a grilos e cigarras. Chegando ao fim da faixa, a chuva cai, acompanhada de trovões que anunciam, junto com o saxofone em momento solo, o barulho da tempestade por vir. É o fim da manhã.


≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈


Chuva Caiu is a musical composition created by the French saxophonist Benoît Crauste in October 2018, on the occasion of his participation in the sound art residence SOMSOCOSMOS, held in an old coffee farm, surrounded by a preserved atlantic forest (Mata Atlântica), in the mountain region of Rio de Janeiro.

Using field recordings of the forest, Chuva Caiu (Rain Fell) is a work of creative meditation in the heart of the forest, that pays reverence to the long time of plants, the sounds of animals and the mutual existence of animals, plants and minerals.

Chuva Caiu develops along a single journey, divided into two bands of self-explanatory titles: Manhã (Morning) and Noite (Night).

In the morning, the light sound of a soprano saxophone finds the first light of dawn - represented in the insistent corner of a bird, in a diminished triad. There appears gradually other sound elements of the forest: insects, other birds, the distant noises of human machines, cows mooing, dogs that bark, roosters that sing. The sound then meets the waters, on a saxophone ride through a stream that ends in a small waterfall, natural background noise that joins crickets and cicadas. Coming to the end of the track, the rain falls, accompanied by thunders that announce, along with a solo saxophone, the noises of the storm to come. It's the end of the morning.

credits

from Chuva Caiu, released July 10, 2019
Composição e Gravação / Composition and Recordings
Benoit Crauste @ Fazenda São João (RJ)

Mixagem e Masterização / Mixed and Master
Matheus Vinhal @ Casa do Lago (DF)

Foto da capa / Cover photo
Mari Bley

Arte da capa / Cover art
Amanda Costa

license

all rights reserved

tags

about

pirasema Brasilia, Brazil

pirasema é um selo brasileiro dedicado sobretudo a trabalhos de improviso sonoro ou gravações de campo.

><>><>><>><>><>

pirasema is a Brazilian label devoted mainly to works on sound improvisation or field recordings.
... more

contact / help

Contact pirasema

Streaming and
Download help

Redeem code

If you like Chuva Caiu, you may also like: